O qué são os valores humanos?


“A Verdade é o que devemos praticar, a Retidão é como devemos viver, Paz deve ser a marca de nossa personalidade, e o Amor é nossa natureza.”  - Sathya Sai Baba

Muitos anos atrás, Sai Baba disse: “A política sem princípios, a educação sem caráter, a religião sem amor, a ciência sem humanidade e o comércio sem ética não apenas são inúteis, como absolutamente perigosos.” Observando hoje o estado do mundo em que vivemos, não importa de que país estejamos falando, vemos como essas palavras são significativas.
“Os valores da Verdade, Retidão, Paz, Amor e Não-violência são permanentes e eternos, são comuns a todas as pessoas de todos os lugares, raças e crenças. Não são algo que se precise adquirir novamente. Eles nascem com vocês, são inatos. Não podem ser ensinados, devem ser compreendidos.
Como estão ocultos no seu interior, vocês não são conscientes deles. Da mesma forma que se ocultam objetos valiosos em cofres de segurança, dentro de vocês estão as joias valiosas dos valores humanos. Devem protegê-los adequadamente. Eles estão cobertos pelas portas do coração. Vocês devem ganhar a chave do amor para obtê-los. Quando a fechadura do coração se abre com a chave do amor, as valiosas qualidades dos valores humanos emergem.
Vocês são a encarnação da Paz. Portanto, busquem em seu interior. Conheçam-se a vocês mesmos. Então, vocês saberão tudo. Em vez de perguntar aos outros “quem é você?, perguntem-se “quem sou eu?”. Então, vocês compreenderão a verdade. Vocês são a encarnação da Verdade, do Amor, da Retidão e da Não-violência. Vocês são tudo, e tudo se encontra em vocês. Desenvolvam essa abertura mental. Expandam o amor, não o contraiam. A unidade pode ser alcançada somente através da expansão do amor. Apenas quando o homem cultivar o sentimento do amor poderá haver igualdade.”



“O amor na palavra é Verdade.
O amor na ação é Retidão.
O amor no pensamento é Paz.
O amor na compreensão é Não-violência.”



Quando a Verdade é colocada em prática, transforma-se em Retidão. A verdade se expressa em palavras, ao passo que a retidão se expressa na ação. Sem verdade, não há retidão.
O homem reza pela Paz mas, enquanto tiver desejos, nunca alcançará a paz. A mente é a base dos desejos, e é preciso impor a ela um limite. Para alcançar a paz é preciso controlar a mente.
O quarto valor humano é o Amor. Este se originou do princípio do Atma (o Uno indivisível que se manifestou em muitos). O amor é a manifestação da Verdade. Como o Atma, é puro, estável, radiante, sem atributos, sem forma, ancestral, eterno, imortal e doce como o néctar. Essas são as nove qualidades do Amor. O amor não odeia ninguém, une a todos.
A Não-violência é a consequência da compreensão dos outros quatro valores, isto é, a Verdade, a Retidão, o Amor e a Paz.
Entretanto, a enumeração desses valores como cinco não é correta: são todas facetas da mesma qualidade humana. Crescem juntos e são interdependentes. Não podem ser separados. O amor prospera na paz, na ausência de conflito, como é possível ter paz quando nos comprazemos com a violência no pensamento, na palavra e na ação?”



OS VALORES HUMANOS E SUA RELAÇÃO COM OS CINCO ELEMENTOS

“O arco-íris no céu se forma pela dispersão de um único raio de luz branca pura pelas gotas de chuva. Simboliza a multiplicidade na natureza causada pelo prisma da mente. A diversidade dos cinco elementos na criação tem sua origem na pura Luz Divina interior. A revelação dessa Verdade é Educare.”
- Sri Sathya Sai Baba

 


Sathya Sai Baba vem chamando persistentemente a atenção sobre o fato de que o Homem tem uma forte relação com os cinco elementos da Natureza (éter, ar, fogo, água e terra). Como parte integral da natureza, o corpo humano também está composto pelos cinco elementos, que estão tanto dentro como fora dele. A criação em seu conjunto, incluído o ser humano, não é outra coisa além das distintas formas que aparecem e desaparecem graças às múltiplas combinações desses cinco elementos.
Todo o tempo fazemos uma troca desses elementos com a natureza. Se ingerimos um alimento, os elementos que o compõem são assimilados pelo corpo, enquanto outra parte retorna à natureza através da excreção.
Por sua vez, toda a criação está sustentada pela energia divina do amor. O Uno se transformou em muitos. Então, o amor que sustenta e ativa todos os elementos no cosmos também sustenta e ativa o homem. Sathya Sai Baba afirma que não apenas a criação está impregnada de amor, mas que o amor é a corrente que está por baixo dos demais valores humanos.
Se contemplarmos a natureza, poderemos observar que está saturada desses valores. Tanto em sua forma animada como inanimada, vemos que cada componente do Ecossistema coopera amorosamente entre si: o mundo mineral sustenta a vida, o vegetal se nutre deste e do sol e, por sua vez, alimenta os animais e os seres humanos. Isso é possível porque cada um segue seu Dharma (ação correta). Os exemplos sobram: os planetas seguem sua órbita, os animais, seu instinto, e os vegetais, seu desenvolvimento e florescimento. A ordem resultante do amor e do dharma dá como resultado a paz: isso explica por que a buscamos na natureza. E quando vemos que todos seus componentes tomam para si somente o que precisam, compreendemos que está impregnada de não-violência.
Em síntese, qualquer olhar que vá além do material pode observar que os cinco valores são inerentes aos cinco elementos da natureza. 
Essa relação resulta ainda mais evidente quando observamos o estado atual do planeta. Os elementos da natureza foram projetados para estar em perfeita harmonia, e os cinco elementos no homem também deveriam estar assim. Mas o ser humano falhou em conseguir esse equilíbrio dentro de si mesmo ao ignorar os cinco valores, e como resultado é responsável pelo desequilíbrio dos cinco elementos na Natureza, que se manifesta na forma de catástrofes ecológicas. Essa estreita relação entre os cinco elementos e os cinco valores é a causa do desastre atual, mas também é a chave para a solução. Por isso, como resposta à pergunta sobre como o homem pode restaurar este desequilíbrio tanto dentro de si como em toda a criação, Sathya Sai Baba respondeu: “Só pode conseguir isso praticando os cinco Valores Humanos”.


 

H2H EM OUTRAS LÍNGUAS